Reflexões · Viva Conosco

Mudança de hábitos

Quem me conhece, sabe das minhas questões de autoestima e como a alteração no peso impacta diferentes áreas da minha vida, inclusive no quesito “segurança” no âmbito profissional.

No final de 2018 passei por um período de depressão o que me rendeu 10kg a mais na balança só de gordura. A comida se torna minha principal ferramenta para tampar buracos psicológicos e, claro, os resultados são sempre catastróficos e um efeito sanfona eterno.

Contextualizando

E essa luta para manter um peso que, na minha mente é o ideal, vem desde cedo… comecei a ir em diferentes nutricionistas aos 18 anos e, desde então, não parei mais. Foram vários protocolos, tratamentos com hormônio, procedimentos estéticos, alguns remédios (sim, até isso fiz) e diversos estilos diferentes de nutrição.

Antes de casar, lá com meus 25 anos, me dei bem com uma nutricionista (bem cara, diga-se de passagem, e que só pedia para eu comprar coisa cara também). Foi meu auge! 56kg e 21% de gordura corporal – essa, inclusive, tem sido minha meta desde então.

Mudança de hábitos

Em janeiro de 2020 alcancei os desesperadores 70kg. Para minha altura e biotipo, estava muito fora o que tenho como ideal, sem entrar em nenhuma roupa, tudo apertando e odiando meu reflexo no espelho.

Em julho, disse basta! Mesmo em meio à pandemia, precisava fazer alguma coisa, começar um processo de mudança.

Por isso, entrei em contato com a última nutri que consultei (em 2019) e comecei um novo protocolo.

O resultado?

Bem, de julho até a data deste post, foram eliminados 7kg. Ainda faltam 4kg para minha meta e estou naquele tal efeito platô (que não consigo eliminar mais nada, estagnada).

Como voltei para a musculação, pode ser que massa magra tenha entrado na parada. Mas sou MUITO ligada aos números da balança e isso tem me desmotivado um bocado. Mas nada que me desvie totalmente do foco.

Se você nos segue lá no Instagram, tem visto que posto quase todo dia na academia, cedinho (que é quando dá). Esses post’s são mais para mim do que para vocês, uma forma de me manter fiel ao objetivo, para ter paciência que os resultados virão, para ser persistente e buscar ser melhor a cada dia.

Ainda tenho vales depressivos que contribuem para prejudicar minha mudança de hábitos e, por vezes, tive recaídas. O João, meus pais e meus amigos têm sido essenciais nesse processo.

E você, tem algum ponto que te incomoda tanto a ponto de impactar outras áreas da sua vida? Como você faz para lidar com isso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s