Cozinha Diana e João · Viva Conosco

Comfort Foods

capa-post-comfort-foods

Vocês votaram, a gente faz! Rsrsrsrs…

O post de hoje traz duas novidades:

  1. Mudamos o dia e a frequência de criação de conteúdo por aqui. Ao invés de postarmos às terças e quintas, passamos para às quartas, apenas (menos pressão por aqui e conteúdos mais robustos)
  2. Levantamos alguns temas nos stories, no nosso do Instagram, para falarmos aqui no blog. O vencedor, disparado, foi Comfort Foods no Frio, seguido por Presentinhos Online para o Dia dos Namorados.

Por isso, o texto de hoje é sobre essas delícias, por vezes infames, comfort foods, que vêm para aquecer nosso coração, alma e, claro, estômagos. Rsrsrs…

O que são Comfort Foods?

Comfort Food, também conhecida como comida afetiva, é um tipo de alimento que tem como principal função o “alívio emocional” e vem carregado de muita emoção e sentimentos nostálgicos. Uma de suas principais características é ser, normalmente, atribuído à alimentos com alto teor calórico (fazer o quê, né!?).

Como saber que um prato específico é uma comfort food para você? O maior indício é quando você, ao experimentar o alimento, seja “transportado” para alguma situação familiar, de carinho e aconchego.

Essas comidas afetivas podem ser qualquer coisa e, normalmente, estão relacionadas à cultura da pessoa. Por exemplo: quase todo mineiro, quando come uma broa de fubá bem gostosa, se lembra de estar na casa da avó, talvez até no interior. Para alguém do Acre, é possível que não gere esse tipo de conexão.

Mas assim, cada caso é um caso. Pois, o fator decisivo é a experiência pessoal do indivíduo com a comida, que remeta à alguma lembrança.

Quais são as nossas Comfort Foods

Bem, comer é um dos nosso hobbies favoritos. Mas, no quesito comida afetiva, somos mais “criteriosos”… O João então, nuh! Específico que só ele…

Abaixo estão a lista de comfort foods que fazem parte da nossa história e que, claro, super combinam com esse tempo frio.

Para o João

João é bem tradicional em algumas coisas… seu prato nostálgico não poderia ser outro além de um clássico PF aqui de Belo Horizonte: Arroz (muito, ele ama), feijão, bife e batata frita. Bem caseiro, tudo temperadinho e bem quentinho.

Para a Diana

Bem, como todos sabem, eu sou a broca da relação… Por isso, quando penso em comida afetiva não consigo pensar em apenas uma coisa. Segue minha humilde lista:

  • Macarrão (cozido, só com sal) e feijoada (prato tradicional de MG): sim, tenho consciência da minha esquisitice. Mas só quem experimentou sabe o quanto isso é gostoso. Melhor ainda, é bater 1 ou 2 pratões, num dia bem nublado e frio, e tirar aquele cochilo maravilhoso depois. Tenho ótimas recordações de sair com meu pai aos fins de semana e comer uma feijoada bem gostosa.
  • Brigadeiro: não pode ficar de fora (tenho 1 brigadeiro tatuado, ora bolas). Mesmo sendo fã dos de bolinha (típicos em aniversários infantis), gosto mesmo do de colher, que acabou de ser feito e está BEM quente. Lembro da minha mãe fazendo, quando eu era pequena e ainda não sabia como fazer (o que se tornou um perigo, porque onde tem leite condensado dando sopa, eu faço uma leva desse doce, rsrsrsrs)
  • Sopa de Legumes Batidos: apesar de ser uma porquinha engordando pro abate, que tenho algumas frescuras, especialmente com texturas. Por isso, mesmo sendo apaixonada por sopa, a não ser que os “pedaços” sejam de carne, folhas ou massa, eu não consigo comer. Por isso, desde novinha, minha mãe cozinhava os legumes numa água com sal e batia-os todos no liquidificador. O caldinho grosso, rico em nutrientes, esquentava até o sangue.
sopa de legumes batidos
Sopinha de Legumes
  • Bolo de Chocolate caseiro com manteiga , acompanhado por um copo de leite: na real, um bolo de chocolate quentinho, saído do forno, com uma manteiguinha derretendo em cima e um copinho de leite morno. Nossa, não preciso de mais nada! O melhor lanche da tarde da vida! ❤

Para nós dois

Pôxa, somos um casal. Pelo menos em 1 prato a gente podia combinar, né!?

E, SIMMMM!!!  Tem um prato que ambos achamos nostálgico: a famosa lasanha de presunto e muçarela, com molho bolonhesa. Sério, além de saboroso, ambos lembramos de almoços em família quando éramos crianças.

E, no último domingo, pudemos desfrutar dessa maravilha da culinária italiana!

Ufa! Acho que está bom, né? 🙂

E você, quais são as suas comfort foods? São mais simples e caseiras, como as nossas, ou são mais sofisticadas? Conta pra gente!

rodape-autor-blog-novo-diana

 

3 comentários em “Comfort Foods

  1. Eu amo sopa e, nessa minha etapa de reconexao cmg e com o passado, tenho percebido que sempre fez parte da minha vida!
    Hoje, adapto ao meu gosto atual, e adoro fazer sopa de legumes batida tbm, bem temperadinha!
    (Brigadeiro é minha paixão maior da vida, mas acho que, atualmente, a sopa tem me deixado nostálgica)

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s