Viva Conosco · work

Adaptando ao Home Office

capa-post-home-office

É gente, o coronga pegou boa parte das pessoas despreparadas para o mundo digital. Boa parte das empresas e negócios tiveram que adequar-se ao trabalho remoto – tanto no relacionamento com as pessoas quanto na condução de reuniões e mensuração de resultados.

O foco precisou ser adaptado também à essa nova realidade: não mais em horários rígidos e no “bater ponto”, mas sim no resultado e sua qualidade para empresa e clientes finais. E a gestão de equipes à distância se tornou o novo desafio a ser superado.

Adaptando ao Home Office: como fizemos

Eu já atuo home office desde outubro de 2018, por isso, não tive muito impacto na rotina. Pra ser honesta, a única coisa que deixei de fazer mesmo foi ir diariamente à academia. No mais, continuo no mesmo ritmo frenético de sempre (nem pude “reclamar” de não ter nada pra fazer na quarentena).

Inclusive, quem quiser conferir como substitui a academia por treinos em casa, é só clicar aqui.

Já para o João foi um baque tremendo.

Apesar se sua atividade (ele é Gerente de Marketing de uma concessionária aqui em BH) ser de fácil ajuste para ser executada remotamente, a nova rotina não tem sido muito tranquila.

Ele teve redução da carga horária e, consequentemente, do salário (assim como VÁRIOS outros profissionais no país). Mas essa redução de horário e demanda associada ao ambiente confortável e cheio de distrações em casa tem sido, no mínimo, complicada.

Quem o conhece sabe que ele é inquieto por natureza. Por isso, nos primeiros dias, foi um sufoco para manter a atenção e foco nos trabalho. A saída? Bem, com muita experiência, dei algumas dicas para ele que acredito que podem ser úteis para você também – caso esteja na mesma situação.

Dicas para adaptar-se ao home office

Muito do que vou colocar aqui já tem sido falado, gritado e esgotado em vários sites, blogs e redes sociais. Mas acho que na situação tão atípica que estamos vivendo, as dicas virão para agregar e dar uma perspectiva para que atua dessa forma já a algum tempo.

Então, vamos à dicas!

  • Se sua empresa não estabeleceu seu horário de trabalho, faça isso! Coloque para você mesmo seu horário de início, pausa para almoço e término das atividades diárias – com despertador inclusive!
  • Separe um cantinho da sua casa para ser seu escritório – se você não tiver um lugar próprio ou o mesmo já tiver sido dominado por outro membro da família (aqui em casa, como já uso o escritório, João fez da mesa da sala seu local de trabalho).
  • Troque de roupa! O ideal seria se arrumar como se estivesse a caminho da empresa mesmo, MAS sabemos que isso nem sempre é possível (ou não estamos com saco mesmo). Por isso, apenas coloque outra roupa que não seja o pijama.
  • Faça uma lista do que você precisa fazer no dia. Eu sou usuária da tradicional agenda de papel e utilizo o Google Calendar para tarefas e compromissos mais importantes. Além destas, você encontra outras ferramentas online gratuitas que o auxiliam nessa organização, tais como Google Sheets, Asana e Trello. Esse item tem um plus que, para mim, é mega motivador – nada me dá mais satisfação do que dar “ok” nas tarefas cumpridas e ver a lista toda completa ao final do dia. É um sentimento pleno de pura realização. ❤
  • Se você for como eu, coloque uma música para ajudá-lo a concentrar nas suas tarefas. O fone de ouvido pode ser um poderoso aliado no momento de direcionar seu foco para as atividades importantes e a música, além disso, pode ser um instrumento para aguçar sua criatividade.
  • Se o WhatsApp e as redes sociais não forem ferramentas de trabalho (que é o nosso caso, tanto do João quanto meu), coloque seu celular na função “não perturbe” ou, em alguns aparelhos que têm o Android como sistema operacional, existe a função “modo de foco”, que bloqueia as notificações dos apps que você configurar (é bem legal).
  • Lembre-se de alongar-se e de levantar de tempos em tempos – como num escritório comum, a preocupação com a ergonomia e bem estar deve estar constantemente presente.
  • Quando o seu expediente encerrar (ou, se no seu caso você estiver de férias ou afastadx do trabalho), você pode fazer coisas que te deem prazer – úteis ou não.
    • pode fazer alguns dos 500 mil cursos online gratuitos disponíveis (alguns muito bons, inclusive);
    • assistir a uma das milhões de lives do Instagram (sério, o brasileiro não tem limites);
    • ler aqueles livros atrasados;
    • colocar as séries em dia;
    • se atualizar no mundo do cinema;
    • cozinhar pratos diferentes;
    • dormir (acredite, isso é essencial para manter a saúde e a sanidade);
    • jogar algum jogo (games, quebra-cabeça, etc.);
    • papear – virtualmente – com amigos ou familiares;
    • meditar;
    • ou, se você preferir, não fazer absolutamente nada, apenas ficar de boa mesmo.

O importante nesse momento é não se cobrar e não entrar numa competição de quem é mais produtivo. É valorizar o tempo que você tem, da melhor forma que faça sentido para você mesmo.

Considerações finais

Ah! É preciso reforçar: sim, home office é legal , você “faz” seu horário e tem mais flexibilidade. Mas não é um mar de rosas… E, acima de tudo, não é todo mundo que se encaixa nessa modalidade. É imprescindível levar isso em consideração quando a quarentena terminar.

Isso porque algumas empresas podem ver vantagens – financeiras, inclusive – que justifique manter alguns profissionais em home office. Mas, para isso, é necessário avaliar o perfil do time e se houve uma adequação às atividades nesse formato.

Boa sorte a todxs nós! E que saiamos melhores do que entramos nessa! 🙂

rodape-autor-blog-novo-diana

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s