Reflexões

Perdida…

Você já se sentiu perdidx de alguma maneira? Sem saber exatamente o que fazer, que direção seguir, que decisão tomar?

Pois é, hoje me encontro assim: perdida.

O post de hoje é mais um desabafo, uma necessidade de externalizar essa angústia que começou a pesar meu peito nas últimas semanas…

As pressões

lost-perdida-dog-mitchell-orr-Q6N-78GLkmc-unsplash
Imagem: Mitchell Orr

A vida adulta é composta, basicamente, por boletos. Já reparou? Todo início de mês, chega aquela enxurrada de contas que você precisa pagar para não perder os luxos do mundo contemporâneo.

E todo final de mês, há 1 ano já, que João e eu colocamos tudo na ponta do lápis para saber como minha pequena contribuição irá agregar aos pagamentos mensais. E isso me mata, de verdade.

Aí vem a segunda enxurrada de pura pressão: é necessário encontrar mais clientes. Seu único cliente que estava fixo acabou de emitir, de vez, a última Nota Fiscal pois seus serviços não serão mais necessários. E agora? Bora correr atrás de outros… vem a dor da rejeição e a tristeza em ver que a comunicação não é algo de valor para empreendedores e empreendimentos.

Chegamos à terceira enxurrada: a realidade de que, talvez, essa ideia quase mitológica de perseguir o seu propósito é bobagem. Algo lindo nos mundos dos livros e em teoria mas longe do dia a dia… mas, será bobagem mesmo? Sinto uma gratidão enorme por cada cliente que ajudo e, até hoje, graças a Deus e ao Universo, João e eu não passamos necessidades. Mas será que estou no caminho certo? As perguntas têm ficado mais e mais frequentes, pipocando na minha mente.

E aquela enxurrada bônus: acompanhar o sucesso de outras pessoas da sua idade. Como assim Diana? Ver onde pessoas que admiro muito chegaram e não conseguir traçar um plano concreto para alcançar os meus objetos (que nem sei mais quais são) como essas pessoas alcançaram os delas. Minhas inspirações estão lá na frente e não consigo direcionar minha energia para ir lá na frente também. Isso me frusta.

Perdida

lost-perdida-daniel-jensen-UDleHDOhBZ8-unsplash
Imagem: Daniel Jensen

Como falei, hoje é um momento desabafo.

Não sei o que estou fazendo da minha vida, não sei se tomei a decisão correta. Não sei… e não saber tem se tornado cada dia mais frustrante e impactado outras áreas da minha vida.

Quer ver um exemplo? Não consigo focar na minha reeducação alimentar. Paguei caro uma nutricionista incrível, e não consigo focar. Qualquer coisa é desculpa para dar aquela escapulida (João sendo a principal desculpa de todas).

Quer ver outro? Meu mal humor constante onde, mais uma vez, João é o culpado/vítima escolhida… Tadinho.

Os psicólogos e terapeutas todos dizem que já temos a resposta dentro de nós. Ok, isso faz sentido e acredito nisso também. Mas, às vezes, a gente precisa de um empurrão sabe? Só pra ter aquela dica básica se estamos caminhando para o lado certo…

Mas, o fato é: estou TOTALMENTE PERDIDA!

autora-diana

2 comentários em “Perdida…

  1. força, miga!!
    estude algo diferente, empreendedorismo criativo em alguma área que vc goste, em alimentacao, arte, cosméticos. talvez surja ideia para algum projeto novo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s