Devorando Livros!

Deuses Americanos

Apesar o do título, Deuses Americanos não foca exclusivamente em deuses ocidentais, conhecidos por nós.

De forma inteligente, o livro nos apresenta uma vasta gama de deuses, das mais diferentes culturas e períodos, e sua luta pela sobrevivência na atualidade – onde novos deuses nascem e morrem quase que diariamente.

O autor

neil-gaimanNeil Gaiman, é um autor britânico de contos, romances, banda desenhada e roteiros radicado nos Estados Unidos.

Após ter sido rejeitado muitas vezes por editores, Neil adotou o jornalismo como meio de fazer conexões que ele esperava o ajudassem a ser publicado mais tarde, então começou entrevistando pessoas e escrevendo crítica literária. Durante este tempo escreveu seu primeiro livro, uma biografia da banda Duran Duran, e um grande número de artigos para a Knave Magazine. Nos fim dos anos 1980 escreveu Don’t Panic: The Official Hitchhikers Guide to the Galaxy Companion. Na sua opinião o livro é o que conduziu à sua colaboração com Terry Pratchett no romance Good Omens (Belas Maldições).

Entre suas obras, as mais conhecidas são:

Fonte: Wikipedia

O livro Deuses Americanos

livro deuses americanosA saga de Deuses americanos é contada ao longo da jornada de Shadow Moon, um ex-presidiário de trinta e poucos anos que acabou de ser libertado e cujo único objetivo é voltar para casa e para a esposa, Laura.

Os planos de Shadow se transformam em poeira quando ele descobre que Laura morreu em um acidente de carro. Sem lar, sem emprego e sem rumo, ele conhece Wednesday, um homem de olhar enigmático que está sempre com um sorriso no rosto, embora pareça nunca achar graça de nada. Depois de apostas, brigas e um pouco de hidromel, Shadow aceita trabalhar para Wednesday e embarca em uma viagem tumultuada e reveladora por cidades inusitadas dos Estados Unidos.

É nesses encontros e desencontros que o protagonista se depara com os deuses ― os antigos (que chegaram ao Novo Mundo junto dos imigrantes) e os modernos (o dinheiro, a televisão, a tecnologia, as drogas) ―, que estão se preparando para uma guerra que ninguém viu, mas que já começou. O motivo? O poder de não ser esquecido.

Fonte: Amazon

Impressões

Deuses Americanos é, em primeiro lugar, um livro estranho. Sim, isso mesmo que você leu. MUITO estranho.

Quando você começa a acompanhar Shadow em sua viagem com Wedneday, você está tão perdido quanto ele e, por incrível que pareça, está também tão tranquilo e resignado quanto ele – um sentimento de “tá, ok, vamos ver onde isso vai me levar… tô aqui mesmo”.

E é nessa estranheza e nessa condescendência de Shadow que as idas e vindas da narrativa vão se tornando cada vez mais intrigantes. Você se torna o Shadow, sente o que ele sente, pensa como ele, sonha as mesmas loucuras e se questiona o porque de tal guerra ser necessária.

diana e joao lendo

A leitura é fluida e, a cada página, você é surpreendido por uma informação nova ou alguma história paralela que contextualiza e torna a narrativa muito estimulante – aquele tipo que você começar e não quer mais parar.

Tem crítica, humor, aventura, amor, erotismo (em algumas partes) suspense, ação, fantasia, mitologia… tudo que torna uma história extraordinária.

Neil Gaiman foi muito feliz em desenvolver essa história tão completa.

A série Deuses Americanos

Como best seller, com milhões de cópias vendidas e uma história para lá de fantástica (em todos os sentidos da palavra), não ia demorar até algum canal ou plataforma de streaming produzir uma série da narrativa.

american gods poster serie

Em 2017, o Amazon Prime liberou a primeira temporada de American Gods (Deuses Americanos). Uma série tida como confusa, mas esteticamente bonita (algo meio psicodélico, digamos). João e eu assistimos, não entendemos nada e adoramos… rsrsrs… A gente curte uma loucura coletiva assim, de vez em quando.

Aguardamos ansiosos por uma segunda temporada que não veio em 2018, mas prometida para 2019. Algumas mudanças na equipe técnica e a promessa de que o que já estava bom, ficaria ainda melhor.

americangods2

A segunda temporada estará disponível a partir de 10 de março, no Amazon Prime.

Observação

Como toda adaptação, a série tomou algumas licenças poéticas alterando parte da história. Mas nada que interfira no seu encantamento com o que se passa na tela.

Tais alterações só são perceptíveis para os leitores do livro. Se você é apenas um expectador, aproveitará tudo de maravilhoso.

Trailer

Imagens: Reprodução/Google; Amazon Prime
Trailer: Youtube

autora-diana

Um comentário em “Deuses Americanos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s