Reflexões

Independência

Que palavra forte essa né!? Independência…

E como, dentro de uma só palavra, há tanto significado e poder.

Independência é um dos principais objetivos almejados por milhões de pessoas ao redor do mundo: seja ela financeira ou pessoal. É uma fonte inesgotável de desejo e não são todos que conseguem alcançá-la.

O caso do chuveiro

chuveiro ilustrativo
Foto meramente ilustrativa (nosso chuveiro é uma ducha feinha, não quis colocá-la aqui, rsrsrs). Imagem: Reprodução/Google

Aconteceu uma coisa ontem e senti muita vontade de compartilhar por aqui. O que, para muitos vai parecer a maior bobagem do universo, para mim foi uma grande vitória.

Temos dois banheiros aqui no apê e no início de janeiro, o chuveiro o banheiro social queimou. Imediatamente, o João assumiu essa responsabilidade para si e se prontificou a solucionar a situação.

Acontece que, até ontem (14 de janeiro, mais de 12 dias depois do ocorrido!) nada tinha sido feito. Ele até chegou à ir a uma loja aqui perto de casa e comprar outro chuveiro, mas dizendo que, mesmo se comprasse outro, não saberia instalá-lo.

Ok ok, temos 2 banheiros, para quê esse alvoroço todo? Pensa se o outro queima também!? De jeito nenhum, prefiro sempre me precaver.

Pois bem, ontem foi a gota d’água. Após meu exercícios diários fui à mesma lojinha e recebi orientações da atendente: como tirar corretamente o chuveiro e levá-lo para que apenas a resistência fosse trocada (economizando mais de R$40).

Cheguei em casa, peguei a chave de fenda e a escada, desliguei o quadro de luz (morrendo de medo de tomar choque) e comecei a empreitada. E, gente, de verdade, que coisa mais simples é tirar (e depois, ÓBVIO, instalar novamente) o chuveiro. Me senti a “rainha eletricista”, kkkkkk….

Qual a relação entre o chuveiro e independência?

Ao acabar de instalar e testar o chuveiro (alguém ia ter que testar uma hora ou outra – entrei no banho me cagando toda), me senti TÃO poderosa: a verdadeira Mulher-Maravilha das instalações elétricas.

Me senti independente, capaz de fazer QUALQUER COISA se realmente colocar um mínimo de esforço e dedicação em uma mesma tarefa.

E como é bom ter essa sensação, de ter capacidade, de ver que você pode ir além dos seus limites, basta forçá-los um pouquinho.

Não me leve a mal: quando digo independência relaciono com ser autossuficiente e, realmente, não depender de ninguém para ABSOLUTAMENTE NADA. Mas NÃO quero dizer que você não possa se relacionar com outras pessoas e aceitar ajuda, quando necessário.

Relacionamentos fazem parte da nossa natureza humana e são essenciais para nossa evolução. O que coloco aqui como ponto de reflexão é nos tornarmos responsáveis por nossas escolhas e as consequências destas, sem sofrimento. Honrando e assumindo para si que você, E APENAS VOCÊ, pode mudar o que acontece em sua história e não “jogar o fardo” (depender) de outra pessoas para fazer isso por você.

Bem, essa reflexão veio muito nítida em meu coração e precisei colocar aqui e, quem sabe, ajudar alguém que precisasse ler essas palavras.

diana-129

#BoraSerIndependente
#VocêÉFoda

autora-diana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s