Cinema em Casa

Se jogando no Sharknado

Você curte filmes de tubarões? Já assistiu o clássico do Tubarão (Jaws) do famoso diretor Steven Spielberg? E já ouviu falar ou leu em algum lugar, a expressão Sharknado?

O que é o fenômeno Sharknado?

sharknado e motosserra

Então, Sharknado é um filme B (daqueles, feitos para TV, de baixo orçamento), lançado em 2013 e que apresenta a seguinte narrativa: Um furacão estranho atinge Los Angeles, espalhando milhares de tubarões entre a população alagada. Os ventos viram tornados no deserto, levando as mortíferas criaturas pela água, terra e mar*.

*Fonte: Filmow

Sim, isso mesmo que você leu: é um tornado que tem TODAS as espécies de tubarões rodando nele e jogando-os nas pessoas. Claro que os tubarões, espertos como são, comem a galera toda.

Eu sei, parece tosco. E, na verdade, é tosco mesmo. Mas a ideia deu tão certo, fez um “relativo” sucesso que o filme virou franquia. Hoje, temos 5 filmes e um 6º teoricamente em produção.

A franquia Sharknado e o sucesso dos tubarões voadores

Como mencionei acima, um filme totalmente despretensioso, dirigido por Anthony C. Ferrante, gerou uma repercussão significativa e hoje a franquia conta com 5 filmes.

Todos têm, praticamente, o mesmo ponto central: tubarões sendo arremessados por tornados gigantescos que destroem as cidades por onde passam. E, claro, o mesmo grande herói Fin Shepard, que está sempre no lugar certo e na hora certa.

O que muda, são as referências explícitas à cultura pop no geral – como Star Wars, De Volta para o Futuro, Exterminado do Futuro, entre outros – e as cidades onde se passam as histórias.

Os filmes são bem curtinhos, e proporcionam choques e risadas pelos absurdos apresentados nas telas.

E quais são os filmes?

Por que assistir a Sharknado?

Bom, em primeiro lugar, é uma boa diversão. É um filme tão bobinho que é uma excelente forma de se distrair e para “não pensar em nada”, apenas curtir aquela bobagem.

Outra coisa são as referências à grandes obras do cinema: é legal ver como o diretor as inseriu na narrativa, de forma a tornar os filmes ainda mais toscos engraçados.

Também temos o retorno de VÁRIOS atores e atrizes que andavam sumidos por Hollywood. Dá aquela nostalgia, sabe? Igual ver o diretor/dentista do pestinha como repórter (não tem preço).

Mais um item que merece atenção é o trailer…

Por último, mas não menos importante, estão todos disponíveis na Netflix. Ou seja, o único “trabalho” é localizar os filmes através da busca no site.

Ou seja, se você não curtir, pelo menos terá uma boa história para contar. Rsrsrsr…

E, se você curte filmes, temos mais indicações aqui e ali.

Sharknado - 2013

Imagens: Reprodução/Divulgação (Google)

autora-diana

Um comentário em “Se jogando no Sharknado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s