Devorando Livros!

O Romance de Jane Austen

Olá! Hoje venho com mais um post sobre literatura (é, empolguei, eu sei…). E este texto é bem especial pois falarei de uma autora tão especial quanto, que acredito ser importante a leitura de seus livros tanto de homens quanto de mulheres, tanto de jovens quanto pessoas mais maduras. Apresento a você, querido seguidor, Jane Austen.

Jane Austen quem?

jane austen retrato

Tenho certeza de que já ouviu falar em suas obras, mesmo que não se dê conta disso. Alguém já comentou com você ou você já assistiu aos filmes Razão e Sensibilidade, com grandes atros do cinema Emma Thompson (a louca professora de adivinhação do Harry Potter), Kate Winslet (sim, a do Titanic), Hugh Grant (é o cara de Um Lugar Chamado Notting Hill) Alan Rickman (R.I.P. Prof. Snape)? Ou talvez conheça Orgulho e Preconceito, estrelado por Keira Knightley (ela mesma, de Piratas do Caribe), Donald Sutherland (pai do cara do 24 Horas)Rosamund Pike (a doidona de Garota Exemplar)?

Pois então, ambos esses filmes se basearam em obras literárias com o mesmo nome dessa grande autora inglesa, da época georgiana, que, apaixonada pelo mundo dos livros, decidiu se dedicar a essas aventuras e prover a sociedade com obras sensíveis, apaixonantes, com mulheres fortes (para aqueles anos) e histórias incríveis.

Uma breve biografia

Jane Austen nasceu em 1775 em Steventon, (Hampshire, Inglaterra), sendo a sétima filha do reverendo George Austen, o pároco anglicano local. A família era formada por 8 irmãos, sendo Jane e sua irmã mais velha, Cassandra, as únicas mulheres.

Assim como suas personagens, Jane nasceu na zona rural inglesa, vindo de uma família “bem de vida” e extremamente religiosa (claro, pai era pároco, né?!).

Aos 17 anos, Jane escreveu seu primeiro romance, na época chamada Lady Susan e, posteriormente renomeado para A Abadia de NorthangerTendo este sido seguindo por uma de suas obras primas, mais conhecidas: Orgulho e Preconceito.

Até onde se conheça, Jane foi cortejada apenas uma vez por Thomas Lefory: um amigo irlandês da família Austen. Mas, o que se sabe, é o que “cortejo” não prosseguiu devido à problemas financeiros da parte de Thomas. Por isso, ao contrário das suas heroínas, Jane morreu solteira, tendo como companhia e sua irmã mais velha e confidente, Cassandra.

Para conhecer mais sobre suas história, indico esses dois sites que estão bem completinhos e de fácil compreensão:

Além disso, tem um filme biográfico que é bem fofo, chamado Amor e Inocência, que é um jeito fácil de conhecer melhor essa autora e ainda passar algumas horas agradáveis.

becoming-jane-amor-e-inocencia.jpg

Livros

livro emma jane austenDe todas as suas obras, a única que não li foi Emma. Apesar de achar esse nome lindo e de já ter assistido a ambos os filmes produzidos (americano e inglês), é a única história que não me atraiu e que achei extremamente superficial. Mas esta é apenas minha opinião, pois já encontrei pessoas que simplesmente AMAM este livro. Ah, também tem uma série que nunca vi…

livro orgulho e preconceito jane austen

 

O meu favorito (surprise, surprise) é Orgulho e Preconceito. Me identifico muito com a heroína Elizabeth Bennet e tenho o Mr. Darcy como o modelo masculino ideal (João morre de ciúmes, mesmo o Mr. Darcy sendo um cavalheiro fictício de séculos atrás, rsrsrs…). Uma curiosidade: o filme O Diário de Bridget Jones teve o personagem de Colin Firth, Mark Darcy, inspirado no Mr. Darcy da Jane, só que de uma série que ele participou, com mesmo nome.  =)

 

livro a abadia de northanger jane austenTemos o primeirinho de Jane, A Abadia de Northanger, que, de todos, é o mais inocente. Acredito que tenha essa característica pela idade tanto da autora, quanto da personagem, Mrs. Morland (ambas com 17 anos). Este também tem filme

livro razao e sensibilidade jane austen

 

 

Razão e Sensibilidade traz mulheres fortes que são silenciadas pelos padrões da sociedade e vivem na corda bamba entre o coração e a razão. O filme, de mesmo nome, é lindo. E também tem uma série que não assisti.

 

livro persuasao jane austenPersuasão é a história mais madura de Jane Austen, na minha opinião. A personagem Anne Elliot abre mão de um grande amor, persuadida por uma amiga de que não seria uma boa escolha para ela mesma e para a família. Há 2 filmes, mas vi apenas a versão de 2007. A antiga ainda não tive a oportunidade de assistir.

 

livro mansfield park jane austenPara fechar a lista, apresento Mansfield Park. Uma obra bem intermediária de Jane, mas que agrada, assim como as outras. Dessa obra também foram produzidos dois filmes: a versão de 1999, com título em português Palácio das Ilusões e ou filme produzido para a TV, com o mesmo título do livro.

 

 

Além dos filmes e séries que mencionei aqui, há várias outras obras sobre essas histórias. Muitas delas, tendo como base o enredo de Jane, mas adaptando ao seu novo contexto narrativo criado. Apesar de serem apenas 6 livros, cada um dele inspira pessoas ao redor do mundo, ainda hoje.

E aí, já leu ou viu algumas das obras citadas? O que achou? Deixe que nos comentários suas opiniões e impressões!

Imagens: Google Images

2 comentários em “O Romance de Jane Austen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s