Reflexões · Viva Conosco

Viver ou Sobreviver?

carpe-diem

Você já parou para pensar como anda sua vida? Se o que você faz vai além de prover aquilo que você precisa para apenas existir? Tenho pensado muito nisso ultimamente, se, até esse momento da nossa vida, VIVEMOS ou se, apenas, SOBREVIVEMOS…

 

Para refletir sobre isso, tive que pesquisar, ler, investigar sobre a diferença desses termos. Basicamente, a diferença seria:

  • Sobreviver é permanecer vivo, direcionar nossas atitudes e pensamentos para simplesmente cumprir nossas obrigações diárias como prover alimento, abrigo e segurança, pagar nossas contas e trabalhar.
  • Viver já tem um conceito um pouco mais complexo, pois envolve em realmente se entregar à tudo que a vida e o universo tem a oferecer. É manifestar toda a nossa grandeza, agir com amor e gratidão e se dedicar não apenas às obrigações diárias, que nossa cultura e sociedade exigem, mas àquelas atividades que realmente nos dão prazer e nos fazem aproveitar cada segundo.

 

É estranho pensar sobre isso, pois você começa a refletir sobre todas as suas escolhas e raciocinar sobre o porque você é como é, está onde está e insiste nos mesmos padrões de comportamentos e caminhos seguidos.

 

Bom, após refletir e meditar sobre isso (estou de férias desde o dia 16 de janeiro, por isso estou com um tempinho maior para me dedicar a isso, rsrsrs…), ainda não cheguei a nenhuma conclusão concreta. “Aff Diana, falou isso tudo para não chegar a nenhuma resposta?”. Sim, pois esse tema é longo e engloba questões mais profundas do que simplesmente avaliar a situação financeira atual, por exemplo.

 

O que conseguir definir é que realmente precisamos VIVER mais e aproveitar cada segundo de prazer que nos é concedido, seja pela companhia de ótimos amigos ou, simplesmente, assistir a um filme/série com o seu amor. Sei que cada um de nós trava batalhas pessoais de proporções imensas e que nossas responsabilidade exige que priorizemos nossas obrigações, de forma que possamos cumpri-las no prazo e que nos permitam adquirir bens. Mas isso não pode ser um impedimento para pensarmos sobre algo maior e melhor para nós mesmos.

 

Pensei neste post para sugerir que você também faça uma reflexão em sua vida e busque sempre por “vivência” e não pela simples e pura “sobrevivência”.

 

Você já chegou a pensar nesses conceitos? Chegou à uma conclusão? Compartilhe conosco! Trocar experiências é uma forma maravilhosa de crescimento e desenvolvimento.

 

Imagem: Google Images

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s