Devorando Livros!

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada

O mundo mágico do Harry Potter está de volta! Na semana passada, o João compartilhou nossa felicidade aqui assistindo “Animais Fantásticos e Onde Habitam” e nossas descobertas do site Pottermore sobre nossas casas em Hogwarts e nossas varinhas.
Continuando nesta mesma vibe, terminei de ler “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada“. A peça de teatro inicia a partir do último capítulo do 7º livro, no qual Harry, Gina, Hermione, Rony e Draco acompanham seus respectivos filhos à plataforma 9 3/4 a caminho da escola de magia Hogwarts.
O tema mais marcante, pelo menos para mim, foi as dificuldades de relacionamento entre Harry e Alvo, seu filho do meio. Harry, mesmo adulto, continua com seus fantasmas e dores das batalhas passadas, o que influencia suas escolhas e decisões ao longo da história.
Por ser um roteiro de peça teatral, não conseguimos nos identificar com nenhum personagem em particular (exceção aos “antigos”, que já conhecemos dos outros livros). As descrições são superficiais e o tempo é muito rápido – 4 anos em 352 páginas – o que impede que “aproveitamos” cada evolução da história e dos personagens. Apesar disso, a narrativa criada por Jack Thorne e John Tiffany (e “assinada” por J. K. Rowling) é bem criativa e nos faz pensar sobre a vida dos protagonistas com uma rotina comum, sem Lorde das Trevas e a morte de pessoas queridas.
Achei interessante a proposta e mesmo com a superficialidade que a peça pede (para dar tempo de mostrar tudo e todos), me divertir e senti aquela nostalgia gostosa de estar próximo aos personagens que tanto gosto. A leitura é extremamente simples e rápida, o que facilita a absorção dos fatos narrados.
Para os fãs, acredito que vale a pena a experiência. Agora, o que deve ser REALMENTE MARAVILHOSO é assistir à peça que, atualmente, está apenas em Londres.
Observação: a edição lançada no dia 31 de outubro é chamada pela editora Rocco de “edição de ensaio”. Isso porque o texto é do período de produção da peça – e esse material pode ser futuramente alterado, conforme os atores fazem suas leituras e alteram suas falas, por exemplo.Por isso, mais para frente, ainda sem data, está previsto o lançamento da chamada “edição definitiva” dos dois volumes do oitavo “Harry Potter”. (Fonte: Site G1)
Segue a resenha feita na rede social Skoob:
Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.
Você já leu o livro e/ou é fã do Harry Potter? Compartilha com a gente o que você achou!
l-r_harry_potter_jamie_parker_albus_potter_sam_clemmett_ginny_potter_poppy_miller
jk-1snn-2
f02cadab5d2974eeb9d48a8ac975089b
677fa407dd11af5295c5b75a927bb443

Imagens: fotos oficiais da peça e Google.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s